domingo, 21 de fevereiro de 2016

INADEQUADA DESADEQUAÇÃO AO TEMPO, ESTILO E FORMAS



INADEQUADA DESADEQUAÇÃO AO TEMPO, ESTILO E FORMAS


A eternamente bela Thi repetia como um mantra: "você gosta dos arcaismos". E ela ainda tem razão (corroborada pela experiência, competência e formação). Como e quanto me compraz a alma a leitura que encontro nos clássicos de nossa literatura.

Por arcaísmo li (internet):
"modo de falar ou de escrever antiquado, por gosto ou imitação; tendência para empregar vocábulos ou expressões arcaicas, antigas".


"Caminhos íngremes e sinuosas veredas serpejavam então pelas faldas sombrias da montanha, e prendiam como num abraço as raras habitações que alvejavam de longe em longe entre o arvoredo. Límpidas correntes, que a sede febril do gigante urbano ainda não estancara, rolavam trépidas pela escarpa, saltavam de cascata em cascata, e iam fugindo e garrulando conchegar-se nas alvas bacias debruadas de relva.

As paineiras em flor meneavam à doce brisa da tarde os brilhantes penachos, como numa festa da roça as mais belas raparigas, soberbas de seus enfeites, balançam airosas ao som da música as frontes toucadas de nastros (sic) de fitas. Cresciam ali bosques espessos de bambus que ciciavam brandamente, enquanto os leques das palmeiras vibrados pelo vento arpejavam como frauta rústica". DIVA - José de Alencar.

As narrativas em linguagem rebuscada, nada coloquial, como acima, encontram eco e abrigo em minh'alma e neles vejo beleza ímpar e singular.

Talvez desse gosto advenha em modus contrário a pouca simpatia pela escrita moderna, mais atual. Não há floreios, não trazem preocupação com a beleza das palavras, nossas tão ricas e belas palavras. Cousas que hoje, por imposição dos "especialistas", ficaram fora de moda por assim dizer. É preciso evoluir. É importante atualizar, modernizar. Dizem com a propriedade e a autoridade que adquiriram em seus elevados estudos científicos e mercadológicos.

Sinto que haja mais interesse em impregnar os leitores com aforismos. Frases fáceis de lembrar e de vender simpatias literárias. Palavras unidas para não "fazer pensar", uma vez que parecem carregar uma verdade inexorável, e em alguns casos, difíceis de serem alcançadas por qualquer um, sendo esses iluminados como uma espécime angélico-divinal imbuídos de tal mister. Leia também: http://rascunho1966.blogspot.com.br/2016/02/frases-soltas.html

Penso que carrego alma de um tal Policarpo Quaresma... e por sorte restam a mim, inúmeros clássicos para deliciar-me como faminto ávido dessas deliciosas antiguidades...


SER ITINERANTE
http://rascunho1966.blogspot.com/2015/…/ser-itinerante.html…

Inadequada desadequação
Equação que não fecha
Como roupa que não veste
E me deixa nu na multidão

É ser não ser constante
O não pertencer a essa vida
E não ser daqui acolhido
Sendo mero itinerante

Na época errada nasci
Ou desse mundo não sou
Pois nada me agrada
Só encontro sentido em ti


OZEAS CB RAMOS

Nenhum comentário:

Postar um comentário


SUA OPINIÃO É MUITO IMPORTANTE.
COMENTE - DEIXE SUA CRÍTICA, ELOGIO OU SUGESTÃO.
Aproveite e veja também outras postagens desse BLOG.
Obrigado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...