segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

DA JANELA










DA JANELA



Paço do Lumiar - região metropolitana de São Luiz-MA.


Da janela eu vejo a vida que passa silenciosa e lentamente. Silêncio que por vezes é quebrado pela afinada sintonia do vento em uivos e silvos breves.

A vida por aqui parece assim: meio sem pressa!

Um carro vai... (uuuuuuuuuuuiiiiii) outro vem. Uma moto ou outra... O povo do lugar economiza as suas saídas. Assim a monotonia é ao menos declarada sossegada e parece institucionalizada.

O povo é bom. Nem desconfiado nem aberto demais. As interações acontecem no ritmo do devir...

Muita coisa é incomum. Na verdade incomum para mim... chato de plantão. E vivo lembrando das coisas da minha terra.

Minha farinha fina e bem torrada! Banana da terra madura e graúda. A carne sertão (como diz O Zé) "boa de gosto". Aqui não tem nada dessas coisas!

Não vejo coqueiro anão e muito menos bananeiras. Tão comuns na boa terra. Em quase todo canto tem ao menos uma mangueira. Quando há espaço surgem duas ou três e coqueiros. Bananas não.

Peixes são vendidos em cada esquina. Os frutos do mar são mais raros por essas bandas. O povo gosta mesmo é de camarão. Seja fresco ou salgado eles deliram quando deliciam em um prato típico.

O céu! Esse céu maranhense merece uma menção. Azul ralinho. Umas poucas nuvens. Diria: monótono! Salvo quando um pôr do sol irrompe a íris e carrega uma bela surpresa.

Enfim, sigo vivenciando, fotografando e quando deixam faço pilhéria de tudo. Na boa e na paz. Sem menosprezo ou prepotência. Apenas curtindo uma cultura diferente desse meu adorado nordeste brasileiro.


https://pt.wikipedia.org/wiki/Pa%C3%A7o_do_Lumiar




OZEAS CB RAMOS

Nenhum comentário:

Postar um comentário


SUA OPINIÃO É MUITO IMPORTANTE.
COMENTE - DEIXE SUA CRÍTICA, ELOGIO OU SUGESTÃO.
Aproveite e veja também outras postagens desse BLOG.
Obrigado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...