quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

ANTIGAMENTE, EDUCAÇÃO ERA DE BERÇO



ANTIGAMENTE, EDUCAÇÃO ERA DE BERÇO


Semana passada uma criança de 2 anos, isso mesmo dois anos, recusou usar o cinto de segurança em um avião que faria a rota Brasília-São Paulo. A partida ficou com um atraso de 45 minutos até que ela, uma irmã e seus pais desceram da aeronave...


Hoje é assim. Uma criança paralisa a vida de uma centena por causa do "direito" de dar sua birra.

No passado...

(É por isso que eu digo que a minha educação é de berço. Isso! De berço, ou de uma parte dele - de uma vareta do lastro!)

Em uma situação como essa narrada...
  1. Começava com um olhar daqueles que já te deixaria cabreiro. Era o chamado "rabo de olho". Só um olhar e já dava um freio de arrumação.
  2. Se não resolvesse, tomaria um "quéta" pelas pernas. Esse tapinha, hoje condenado por lei, deixava uma impressão em 3D dos dedos na parte atingida. Doía suficiente por umas duas horas...
  3. Se persistisse a birra um beliscão arranca pele e um cochicho de pé de ouvido:
    - ponha essa merda, sente e fique quieto antes que a coisa piore para seu lado.
    E, bem antes que as lágrimas e o choro surgissem...
  4. E "engula" o choro! Quando chegar em casa nós vamos nos acertar...
Mermão, o birrento paralisava!
O avião poderia seguir para a Europa que o caboclo nem sonharia em se mexer...

Para pensar...
Entre os exageros (violência) do passado e esse estado em que os pais ficam reféns.

Definitivamente, não está fácil ser pai...


OZEAS CB RAMOS
www.rascunho1966.blogspot.com.br
www.facebook.com/rascunho1966

Nenhum comentário:

Postar um comentário


SUA OPINIÃO É MUITO IMPORTANTE.
COMENTE - DEIXE SUA CRÍTICA, ELOGIO OU SUGESTÃO.
Aproveite e veja também outras postagens desse BLOG.
Obrigado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...