sábado, 31 de outubro de 2015

PRIMEIRA VERDADE INEXORÁVEL – 1/3


A vida sempre aperta os parafusos.

A vida é. Carrega imanente a absolutez. Esse atributo é tanto a sua essência quanto a sua beleza e singularidade. E quando essa madona cisma em apertar um vivente...

Ajudada pelos próprios erros cometidos no passado e que se avolumam e descem a ladeira da vida criando uma avalanche, ou por gente bandida que se apraz em destruir, caotizar vida alheia, ou mesmo por circunstâncias que surgem ao acaso e que se constituem causas naturais.. Muitas são as causas. Mas a vida sempre aperta nossos parafusos.

Quando não ocorre dela apertar utilizando-se de catraca, de chave mecânica ou de parafusadeira. Para arrochar além do torque aparentemente suportável.

É quando digo: Miséria pouca é bobagem. Porque miséria para ser miséria, só muita miséria.

Enfim, há momentos que a gente enxerga tudo, menos a saída de uma situação mais complicada, de tão complicada que ela se apresenta.

É como se a vida desejasse soldar uma porca em nossa vida. Como porca e parafuso tornando-se um de tão justo que foram apertados.

Eu acho engraçado quando isso acontece. A gente até pensa se ainda pode ser pior, ficar pior do que está.
A vida sabe a resposta:
Sempre pode piorar.
Ou não...


OZEAS CB RAMOS
www.facebook.com/rascunho1966

SORRISOS



Que perdurem os sorrisos bobos!
E que não nos faltem: bobices, tolices, tagarelices.


E que nesses tempos difíceis seja o sorriso o lugar seguro para se encontrar.
Menos virtualidades.
Mais contatos, abraços, conversas, sorrisos. Bobos, que pareçam, mas reais.

sexta-feira, 30 de outubro de 2015

SEGUNDA VERDADE INEXORÁVEL – 2/3



O tempo é senhor de tudo.

Nesse tempo tecnológico, da internet rápida e de fácil acesso a pelo menos metade da humanidade, das redes sociais fazendo um papel que no passado coube aos bates papos nas portas e praças, muito se reproduz, se copia, dado às facilidades. E como se reproduz coisas sem nenhuma importância. Copia e Cola. Compartilha. E lá vai as bobagens multiplicando-se rede adentro. Criar é terreno pouco explorado. Dá trabalho e aumenta o risco do insucesso.

É uma prateleira farta de coisas prontas. É pegar e usar. E mesmo nesse universo que idiotiza e infantiliza uma maioria, a gente encontra serventia para algumas coisas. Um exemplo disso são as muitas frases lugar-comum. E como tem gente que gosta delas! Usam-nas mesmo quando não há aplicação aparente. Uma dessas:
O tempo é senhor de tudo!

Frase que tem suas muitas variantes:
O tempo cura tudo.
Nada como dar tempo ao tempo.
E por aí vai...

Ta aí um axioma inexorável! Tanto que eu não reconheço outro senhorio, e tão absoluto quanto do senhor tempo.

Ele não pede licença; abre passagem e segue. Ele não lamenta, nem faz rogos. Se as coisas não estão bem, danem-se. Se há um mar de felicidade, fod@m-se.
Ele sim é senhor. Tantos dos bons, quantos daqueles nem tão bons. E dá a ambos, tratamento igual.

O senhor tempo só conhece um destino:
O FIM!


OZEAS CB RAMOS
www.facebook.com/rascunho1966



LEIA TAMBÉM:

TERCEIRA VERDADE INEXORÁVEL - 3/3

quinta-feira, 29 de outubro de 2015

O QUE TE MOVE?


Dista quando aprendi que ao se abordar uma pessoa mais velha melhor seria perguntar-lhe “o que tens feito”? e não “como está”?

A segunda, via de regra, remeterá o perguntado aos dilemas que por ventura esteja mergulhado. E você verá derramado um calhamaço de suas dores, problemas, etc. O que não o ajuda em nada, nem a você. A primeira indagação o desafia a relatar as suas andanças, peripécias, laborais ou não. Ainda que se obtenha como resposta: “aqui, fazendo o que peixe faz e esperando o vento passar”.

“Não são as respostas que movem o mundo. São as perguntas”.

A melhor fase de uma criança é para mim quando ela alcança o tempo dos por quês. Porque isso e, você após passar em revista o que sabe, ela emenda com outro por que? O por que do porque. É um sem fim de curiosidades ao cubo remetendo ao infinito.  Uma que me maravilhou e desafiou: - pai, se o mundo gira, por que eu não fico tonto?

Aí, o tempo passa, a gente fica besta e sem tempo para as curiosidades. Perdemos o fôlego. E junto com ele a paciência. É um tal de: “não me venha com suas perguntas...”, “não é hora para seus por quês”, “preciso de respostas...”. É quando digo que perdemos dois espíritos: o científico  e o filosófico. O científico da criança; o filosófico do idoso.

A coisa piora quando passamos a assimilar, adquirir, preferir as respostas prontas. De preferência perguntas+respostas. Se der, umas poucas explicações, comentários. Tudo muito breve. Ah! E ainda: pode resumir?

Uma última dificuldade é que passamos a viver como se soubéssemos de tudo. Alinhamos um modo de vida cômodo, confortável, em que não cabem novas perguntas e nem novas respostas. O que temos por hora é o que nos basta.
Sobra para a vida repor as coisas na ordem natural.

“Quando achamos que temos todas as respostas, a vida muda todas as perguntas”.

Outro dia ouvi uma pessoa falando ao celular. Como falava alto pude ouvir sem dificuldade uma de suas falas: “99% de ser lá mesmo”. Olhe ela aí: dúvida em um por cento.
É a vida.

E quanto a você, o que te move?


OZEAS CB RAMOS
www.rascunho1966.blogspot.com.br
www.facebook.com/rascunho1966

DESAPEGUE

Foto: Marcos Santos/USP Imagens
Para mim livros numa estante ficam bem apenas em uma biblioteca e se essa for pública. Filas e filas com prateleiras entupidas de todo tipo de livro/literatura para uso compartilhado e livre acesso..


Guardar um livro cabe enquanto se precisa dele, como durante um trabalho/pesquisa. Ou daquele livro de consulta rotineira.

Compartilho com muitas outras pessoas uma ideia: LIVRO TEM QUE TER PÉ. Andar, andar e ajudar/inspirar outras pessoas.

Em face nossa situação econômica, livro por aqui custa caro. Muito mais custoso é montar uma biblioteca em casa. A solução para lermos mais é compartilharmos o que conseguirmos. Compra e passa. Pega, lê e passa também.

Eu apelo. Empresto até livros que pego emprestado. Livro na minha mão "é vendaval, é vendaval". Ele segue...

29/10 - Dia Nacional do Livro.
Pense nisso.
Desapegue!!!

Dicas podem ser:

* Anuncie livros que você possa desapegar.
* Deixe-os em uma sala de espera, em um banco numa praça de alimentação, etc
* Ofereça como um presente (mesmo usado livro continua livro).


OZEAS CB RAMOS
www.rascunho1966.blogspot.com.br

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

REFLORESÇA


REFLORESÇA

Aqueça com afeto as tuas pétalas,
como um chá quente adocicado
amaina as dores no peito.
E conforta teu coração
com carinhos sinceros e ternos
de um bom abraço amigo.
Se é natural que existam espinhos
está no olor exalado
o modo como uma rosa
empresta todo o seu valor.
Então, revigora teu semblante,
reviceja a tua alma
garri teu mais nobre sorriso
e refloresça tua vida!


OZEAS CB RAMOS

terça-feira, 27 de outubro de 2015

TERCEIRA VERDADE INEXORÁVEL - 3/3

A VIDA É IMPESSOAL


Quando reclamamos da vida personificamos o impessoal.

Usando expressão de Fernando Pessoa "o espasmo essencial" que traduzo como dor da vida e da existência, é em si, uma alta conta que pagamos a todo instante. Meramente por existir.

Mas esse permanece imaterial, impessoal. Logo não dá a mínima para as lamentações do ser. Essa cruel constatação chama-se finitude e ela nos define.

Portanto, a atitude face a indiferença da vida, seja frente aos momentos de colisão cósmica em que um vivente experimente a dor, o sofrimento, as vicissitudes naturais de maneira mais acentuada, deve ser de moderada resignação. Reclamar que seu umbigo sofre muito mais além do suportável é uma pobre e miserável tentativa de exaltação de si mesmo. É reclamar valor para a sua existência em detrimento de tantos outros que assim tornam-se menos merecedores.

Urge cultivar a paciência. Em respeito ao cerimonial natural que perpassa por igual a todos os viventes. Se você intui e percebe essa passagem é por que graças à vida, seu nome ainda consta em seus anais.

No "miolo do tempo" somos todos iguais. É dele, o tempo, as chaves...

Mas sendo assim, onde buscar o apoio para avançar naqueles dias em que se atravesse um "vale sombrio"?

Você terá disponível mais de dez mil seres antropomorficamente criados, se estiver em acordo com a sua natureza, ou, erguer a fronte, respirar profundo, olhar para os lados, perceber aqueles que caminham ao lado a mesma trilha. Seguir o "fluxo" e encontrar nos caminheiros a força necessária para avançar sempre. Seja em uma palavra, em um abraço, ou em um olhar. Seguir até que chegue o seu tempo!

No dizer pirata: Vamos marujos. Levantar âncora, içar as velas, desfazer as amarras.


Vamos. O horizonte está logo ali.


OZEAS CB RAMOS
www.rascunho1966.blogspot.com.br


LEIA TAMBÉM: SEGUNDA VERDADE INEXORÁVEL - 2/3

segunda-feira, 26 de outubro de 2015

MUTATIS MUTANDIS


WHO AM I?
Quem sou eu? (E, por conseguinte: Quem é você?).


Descrever-se é sempre algo complicado. Somos em parte, até porque estamos em constante mutação. Seja por conveniência, necessidade, fruto do tempo agindo diretamente numa imposição cósmica, ou pelo amadurecimento natural.

Daí, enquanto digito esse trecho, eu já mudei. Quem sou, determina uma expressão que sempre estará no passado (claro, nesse sentido acima).

Quando respondo, e obviamente penso antes de responder, quem eu sou, concluo com uma sensação que a minha resposta é como alguém que diz as horas para outrem.

- São precisamente tantas horas e tantos minutos (14:07:20). - Desprezamos os segundos. Mas eles formam os minutos e por tabela as horas. Logo, essa hora é sempre aproximada. Uma hora não precisa. E basta que perguntemos outra vez logo em seguida e a hora já não é a mesma de instantes atrás (14:07:31).

Somos assim. Somos em parte. E uma parte imprecisa.

E não adianta o tamanho maximizado do ego! Por maior que ele seja, somos em parte. Como quem olha a si mesmo em um espelho. O que vê é parcial. Afinal, enquanto humanos, estamos sempre na trilha MUTATIS MUTANDIS.

Com relação a você, seja lá a ideia que tenha formado (preconceituosa ou não em sua origem) é ainda menos que essa metade de mim mesmo. Mais imprecisa ainda é a minha percepção sobre o outro. Se o outro (como eu) não consegue ter a plenitude de sua consciência, muito menos terei essa condição.

Ele também está mutatis mutandis. Quer queira, quer não. Quer aceite, quer não aceite.

Entender quem eu fui, penso ser essa uma pergunta mais honesta,  pode e deve me ajudar (conseguir) entender quem eu quero VIR A SER.

Mutatis mutandis = "mudando o que deve ser mudado”.


OZEAS CB RAMOS
www.facebook.com/rascunho1966

domingo, 25 de outubro de 2015

ESTADO LAICO - RELIGIÃO DE FORA

Em julho/2015
ESTADO LAICO - RELIGIÃO DE FORA

No passado tínhamos matérias como:

Estudos Sociais
Educação Moral e Cívica - EMC
Organização Social e Política Brasileira - OSPB.


Se esses conteúdos já traziam implicações quanto a sua aplicabilidade em virtude de "ferir" as particularidades dos alunos no que tange as várias formações político-sociais das suas famílias de origem imaginem quanto ao campo das práxis religiosa?

Para que educação religiosa na escola ainda que seja limitada ao estudo da história das religiões? Isso é sem proveito algum. Desnecessário e sem utilidade.

Enquanto não tivermos um diálogo (coisa impossível pelo que vivenciamos até hoje) entre as muitas correntes religiosas, de onde emanam uma noção de proselitismo (idiota), é descabido e impeditivo que haja educação religiosa patrocinada pelo Estado.

Avancemos com a recuperação no sentido de termos um Estado verdadeiramente laico (por estado laico entende-se que esse não é ateu nem patrocina uma religião dita oficial).

Religião é assunto familiar-pessoal e não pode ser patrocinada com os recursos da nação.

É hora de maior atenção a estratégia dos vários grupos religiosos de avançarem suas trincheiras no campo político. Ação tão nefasta quanto foi a ação dos grupos do campo agropecuário e das armas...


OZEAS CB RAMOS

LEMBRANÇAS


Lembranças valem à pena quando elas carregam a alma com leveza. São essas que trazem felicidade mesmo quando chegam impregnadas com saudade. E saudade amigo, na maior parte das vezes, dói. A desgraçada sabe onde tocar... A boa lembrança dribla essa causa-dor.

Eu vivo assaltado com algumas lembranças. Por exemplo:

Lembro do cheiro da comida de minha avó (paterna) falecida há quase 40 anos (tempo seu desgraçado cruel...).

Ela fazia peito cozido (carne bovina) que hoje fica chique só em chamar de carne de panela. O peito era comprado com a gordura nada de chiqueresas em nome da saúde ou da boa forma. Ela deixava uma "graxa"  pois era preparada com óleo ou banha de porco.

Vó fazia meu prato (troço que gosto até hoje - PF). Eu despejava café, jogava farinha (farinha tipo farinha boa de nossa terra, baiana, viu Rouse?!) e fazia pirão de café. Aquela gordura, os bolos de comida feitos na mão (comia de mão! e daí? - pesquise no Google - comer de mão!!!)... Hummmm.

Hoje nem sei se gostava mais da comida do que hoje gosto dessa lembrança da véa com pimenta na venta...
Tenho a nítida sensação do cheiro e do gosto!!! Como se não houvesse interrupção nesses anos e como se tudo isso estivesse ainda à minha frente.

...
Embora eu coma de tudo não curto a comida de restaurante. Para comer uma comida deliciosa é preciso muitas notas de real. É raro um bom prato por um preço mais justo.

Sendo assim, sabe quando eu comerei algo melhor? NUNCA MAIS!!!


OZEAS CB RAMOS

FELICIDADE É DESCOBRIR


Felicidade é descobrir...

Que mesmo sem aquela coca-cola, você tem uma laranja.
Sem a coqueteleira, você tem uma faca.
Sem uma boa vodka, você tem uma vodka maomenu...
Sem açúcar mascavo você usa açúcar comum...
Felicidade é descobrir...
Que mesmo sem o gelo "daquele" freezer
O seu congelador antiiiiiigo faz um gelo qualquer, possível...
Felicidade é descobrir que você ainda pode descobrir
que as coisas mais simples podem trazer felicidade.
E ainda que demore cinquenta anos (quarenta e nove para ser mais preciso),
ela vai te descobrir!!!
Hoje eu bebo à nossa felicidade simples.


OZEAS CB RAMOS

sábado, 24 de outubro de 2015

DELAÇÃO


POLÍTICA

Delação premiada é uma parte pequena, muito pequena, de um iceberg.

Não deveríamos ler tantas acusações que surgem diariamente sem poupar ninguém com vazamentos seletivos e em conta gotas em uma "imprensa" cada vez mais partidária.

A polícia federal deveria investigar tudo/todos. Sem excluir nenhum personagem citado pelos "nobres e dignos" delatores. Mas isso sem esses "exclusivismos" "jornalísticos" que sempre anunciam previamente o que está em seu processo inicial.

E já passou da hora de serem investigados de modo sério o ex-presidente eterno que quer voltar e seus familiares.

Assim acabaríamos de vez com essa farra - da corrupção se comprovadas as acusações ou com as acusações sem fim.

Ministros acusados e presos. Tesoureiros acusados e presos. Pessoas próximas acusadas e presas. E só a cereja do bolo não sabe de nada, não se beneficiou de nada, nada de nada? E isso em duas gestões distintas apresentando os mesmos mecanismos, procedimentos e táticas?

A porr@ do país precisa voltar ao prumo.

NÃO SUPORTO MAIS:
DILMA/TEMER, LULA/FALCÃO, CUNHA/RENAN, AECIO/FHC, MARINA/SILÊNCIO, STF/STE...
B CASSIDY/SUNDANCE KID, ELIOT NESS/AL CAPONE, ROMEU/JULIETA.

DESFAÇATEZ


POLÍTICA

Eu gosto das palavras. Não para expressar uma erudição (que nem tenho). Eu simplesmente gosto. Estava a pouco olhando o significado de DESFAÇATEZ.

O dicionário é meu companheiro nisso. Nele encontro que desfaçatez (eu pensava que fosse disfaçatez) significa: falta de vergonha, descaramento.

Buscava essa palavra para aplicá-la ao "bando" de políticos (e aqueles outros que eles representaram) que hoje (21/10/2015) entregaram ao Presidente da Câmara um novo pedido de impeachment da presidenta.

A DESFAÇATEZ dessa gente beira o cinismo (doença mesmo). Querem (eu também quero) o impedimento do DESgoverno, por incompetência e corrupção. Porém, e por agora, aceitam tratar desses temas com o presidente da Câmara que é acusado dos mesmos erros. A conveniência pede que esses tais deixem de lado quaisquer pensamentos contra o nobre deputado por entenderem que esse pode ajudá-los em sua empreitada de impedimento.

Enquanto essa gente (governo e oposição) se perpetua no poder o povo continua tomando no meio do centro do orifício circular corrugado, localizado na parte ínfero-lombar da região glútea.


OZEAS CB RAMOS

sexta-feira, 23 de outubro de 2015

UM VELHO AMIGO


UM VELHO AMIGO

Como é bom não precisar dizer
Verdades novas
Nem velhas verdades
Para um velho amigo velho.
Vê-lo em seus renovados caminhos
Ainda ansioso, engatinhando
Pronto para “se perder”.
E com ele aprender:
Quem envelhece é o couro do corpo,
A alma, essa teima em querer voar.


OZEAS CB RAMOS

terça-feira, 20 de outubro de 2015

FEIJÃO COM OVO FRITO



FICA A DICA
FEIJÃO COM OVO FRITO

Se, um dia, passar em sua cabeça (leia: ideia, juízo) o desvario de me convidar para almoçar em sua casa, jamais e nunca deixe de fazê-lo com a desculpa “hoje não dá por que lá em casa tá só feijão e ovo”. Pense numa combinação que eu simplesmente ADORO? Feijão e ovo frito! Eis a resposta... e que se for melhorada fica: Feijão e ovos fritos! E nada mais!

Poucas pessoas conseguiram entender esse gosto/preferência. Tenho uma tia (Tia Lia – das improváveis gororobas gostosas) que, sem preguiça, cortava cebola e dourava na manteiga. Colocava os ovos para fritarem nessa mistura e quando já estavam ficando no ponto ela acrescentava um pingado de mostarda, um pitada de sal, e tempero verde recém colhido. Pensem em um troço que cheirava?

Nossa divergência surgia nessa hora. Ela oferecia que fosse fazer meu prato. Eu sempre reclamava meu direito de visita – gosto de prato feito!

Mesmo essa combinação de aparente simplicidade tem seu modus operandi na hora de ser servido. Um prato deve ser arrumado numa sequência assim estabelecida:

Primeiro o feijão no prato; duas generosas conchas.
Em seguida, despeje farinha cobrindo essa generosidade. Especial cuidado para não esfarinhar.
E a magia! Por cima, e antes de misturar geral, os ovos fritos!!!
Hummmmmm.

Observações pertinentes e importantes:

Pode ser feijão tropeiro. Pode vir com generosa porção de batatas fritas. Salada verde. Molho de pimenta.

(Fique à vontade quando tiver para servir um bacalhau à Gomes de Sá, salmão ao molho de alcaparras ou ainda camarão na moranga. Pode “me chamar que eu vou”. Estou ficando velho e não besta!)


OZEAS CB RAMOS
www.rascunho1966.blogspot.com.br

INSUSTENTÁVEL


POLÍTICA (de novo...)
‪#‎primaverabrasileira‬ ‪#‎nasruas‬ ‪#‎impeachment‬ ‪#‎política‬


Seriam 30 bilhões o déficit para 2016. Dois mil e dezesseis. Próximo ano... Aí, por conta de toda pressão midiática e da oposição (placebo) sobre as contas (rejeitadas) e as tão famosas pedaladas fiscais, o glorioso DESgoverno "resolve" que vai anunciar o rombo nas contas de 2015. Deixemos os 30bi de lado por um tempo pois teremos 50 bilhões de incompetência administrativa ainda em 2015.

Mentira - todos mentem;
Corrupção - todos corromperam/foram corrompidos;
Incompetência - todos foram incompetentes;
A merd@ está ruim por que todos fizeram merd@ no passado!!!
e por aí vai...

Esse discursinho de merd@as justificando a porr@ em que meteram o país é phod@.

Não temos que suportar a continuidade disso tudo. Essa pizza indigesta de: mentira+corrupção+incompetência=situação insustentável.

Na borda dessa pizza está recheio de: insegurança que só piora; falta de verba para educação que só diminui; desemprego que só agrava; saúde já era uma lástima, tende a ficar caótica; a conta da bagaça para a população bancar com impostos e inflação...

Para mim, pouco importa a porr@ da sigla que está à frente disso tudo. PT, PMDB, PSDB, PqP, Partido do C@r@lhW... Incompetência não é traduzida pela sigla e sim por uma ineficiência administrativa, sem gestão a não ser dos próprios interesses.

JÁ DEU! CHEGA!! BASTA!!!
Pelo Brasil é hora de mudar!
Essa turma aí no poder já deu o que tinha que dar.
Chegou a hora de repor o país nos trilhos.
Basta de tanta corrupção e incompetência!


OZEAS CB RAMOS

sábado, 17 de outubro de 2015

MEU MANIFESTO


‪#‎primaverabrasileira‬ ‪#‎nasruas‬ ‪#‎impeachment‬

Leio diariamente as manchetes dos principais jornais com seus boatos sem fim, dos grupos que apoiam todo tipo de iniciativa para derrubada do governo, das matérias que os apoiadores do governo fazem suas defesas acaloradas, tentando entender o que traria uma solução para a merd@ dessa crise.

Virá solução que contemple esse atores todos metidos na mesma falcatrua e lambança com a corrupção?

DILMA -> TEMER -> CUNHA-> RENAN -> GOVERNO -> OPOSIÇÃO -> filhos -> noras -> amigos -> ex-amigos...?

A pouco li sobre uma manifestação que conclama para o povo voltar às ruas. Uma tal de PRIMAVERABRASILEIRA. Dizem que estão lutando pelo impedimento da presidenta. Pois bem, saindo a mandatária, ou melhor removendo a mandatária, o país seria entregue para quem mesmo?

Esse é o meu senão a respeito do IMPEACHMENT. Quem "herdará" o comando...
Teria como fazer um impedimento coletivo? Tipo fecha Congresso, destitui esse desgoverno, coloca a presidência na mão do SUPREMO e esse interino convocar eleições gerais para no máximo 90 dias? E ainda assim, para quais políticos concorrerem?

Uns doidos clamam pelas forças armadas. Sou contra. 100% contra. Mas estão forçando a barra para isso acontecer. A ordem pública logo vai pro ralo e aí companheiros só a farda nas ruas para trazer a decência e segurança a níveis suportáveis. Tenho conversado por aqui e temos um consenso: Assim que uma greve geral nas policias for deflagrada o país terá o cenário ideal para que isso aconteça.

Vamos gente.
Vamos pôr essa discussão na pauta geral. Paremos ainda que por um pouco de reproduzir vídeos, fotinhas com mensagens, etc, e coloquemos a política na ordem do dia. A solução virá com um envolvimento de todo cidadão pressionando essa gente que por hora segue "deitada em berço esplêndido".

Hoje temos um vermelho no orçamento de 30bi. Logo esse valor dobra e o país quebra de vez numa crise "nunca antes vista na história".

O que aí está é uma amostra do que virá se ações efetivas vindas da sociedade não forem tomadas ainda em 2015.

Pelo Brasil!
Saíamos da mesmice partidária, da paralisia e apatia política. Nossa responsabilidade agora é maior que apenas escolher um partido/candidato.
Chegou a hora de defender o país, a democracia e as instituições (sérias). 

Chegou a hora de cada cidadão fazer algo mais!
Para a retomada da ordem e do crescimento o país depende de nós.

Não curta esse desabafo. Comente. Discuta. Deixe sua opinião. Manifeste-se. Mostre a sua cara!!!

OZEAS CB RAMOS

terça-feira, 13 de outubro de 2015

SEJA VOCÊ MESMO!


SER DIFERENTE TAMBÉM É NORMAL


Se você for limão, misture-se com açúcar, água bem gelada ou gelo e vodka.
Se você for gengibre, compartilhe-se por entre os temperos e postas de peixe.
Se você for jiló, integre-se com a banana da terra, abóbora, couve.
Mas se você tiver, ainda que de vez em quando, um pouco de personalidade... Seja você mesmo e mande a todos para a p..!
C@r@lho de tudo politicamente correto... De pensar na porr@ do RH, do que os outros vão pensar... blá blá blá...
A vida também é para quem tem coragem de ser a porr@ que é e phod@-se mundão!!!




OZEAS CB RAMOS

segunda-feira, 12 de outubro de 2015

FURACÃO TEMPO


FURACÃO TEMPO

Devastador natural
O furacão tempo
Perpassa sem piedade
E desenha seu nome
Nas areias soltas
Do meu deserto.
Cria em mim
Seus próprios caminhos
Descaminha meus desejos
E senhoria meus passos.
Dilacera minhas rochas
Desfaz meu alicerce e
Desconhece puros fundamentos.
Dispersa meus sofismas
E revela escombros
Do recôndito de minh'alma
Ao desnudar de minhas partes.
Segue absoluto senhor
Mesmo quando, por engano,
Parece que sou Eu
O timoneiro de meu destino.
Transforma meus motores
Em altas velas hasteadas
Lança-me ao mar da vida
E me conduz a mercê
Da minha própria vontade
Ao porto de seu querer.
Inflama seu impetuoso norte
E sigo vento em popa
Rumo ao ignoto fim...
Mas até quando Tempo?


OZEAS CB RAMOS
A foto é de um saveiro na Baía de Todos os Santos.

DICAS DE FILMES


Fim de semana prolongado com um feriado. Sem dindim graças também a piii da greve dos bancários. Sem Miguel por aqui zoando com suas estórias sobre dinossauros, etc. Com zóios verdes longe daqui...
C@r@lho!
E o pior: sem livros!!!

Sobrou tempo para ver filmes. Aproveitei para começar a Série GAME OF THRONES.

Que para mim nada mais é do que um retrato da alma humana através de uma trama específica.
Caminhando para o final da segunda temporada.
ASSISTAM e confiram essa dica.

Outras dicas:
O nocaute - muito comum.
Divertida Mente - para ver com seu filho(a).
O LEITOR - Para quem gosta de Drama e tem paciência para vencer quase duas horas de um filme interessante.


OZEAS CB RAMOS

FILME - QUE HORAS ELA VOLTA?


QUE HORAS ELA VOLTA?

Não vi a tal interpretação que mereça um Oscar porém é sim um filme para ser visto. Recomendo.
Nada de olhos para a crítica da sociedade, das diferenças entre classes sociais, ou qualquer outra babaquice. Discurso de gente besta que se orgulha dos "entendimentos" prévios, prontos para serem usados naqueles dois minutos que precedem o happy hour na cervejada com os amigos e que não se sustentam após o terceiro copo...
Vendo esse drama, transpasse o vale, olhe além. Ao ver o filme questione a própria vida!

OZEAS CB RAMOS

sábado, 10 de outubro de 2015

ENQUANTO ISSO NA SALA DE JUSTIÇA

POLÍTICA
ENQUANTO ISSO NA SALA DE JUSTIÇA


"Enquanto isso na sala de justiça". Essa é uma frase que lembra minha infância, ainda moleque. Era tempo em que o mal durava apenas uma tentativa que logo seria debelada pelos mocinhos da estória. Da sala da justiça sairia a solução.

Um ou alguns dos super-amigos sairiam em defesa e se ainda necessário chamariam outros para acabarem com aquele evento danoso...

Simples assim. Como aliás é próprio do mundo infanto-juvenil. Tudo deve acabar bem. Sempre.

O tempo passa, a gente cresce e vai descobrindo a verdade da vida. Quanto ela é dura, difícil. Quanta luta cotidiana é necessário para "vencer os inimigos" lá fora.

E descobre ainda que os super amigos jamais aparecerão. Em se tratando desse estágio atual da política nacional então.

Uma atriz nesse cenário seria a ex-senadora, ex-candidata à presidência por duas vezes, Marina Silva. A quem eu chamaria gentilmente Marina - A volátil.

Aparece e some com uma competência ímpar. O país sem lideranças confiáveis e a mais votada, à parte dos atores principais dessa tosca novela brasileira, simplesmente desaparece do cenário. Prefere retirar-se para "ouvir".

Será que eles todos combinaram não participar dessa "brincadeira"?
O Temer se retrai. A Marina some...

Ouço vozes por aí. Chamam Bolsonaro, Feliciano, Tiririca e até Romário. Sem falar naqueles muitos que clamam pelo retorno dos milicas ao comando... E se isso acontece é por que não temos atores à frente desse processo com capacidade de liderar uma mudança no país.

Teremos tempo até 2018? Penso que não. Mas por hora, tá fod@! A crise chegou "de com força" por aqui.


OZEAS CB RAMOS

sexta-feira, 9 de outubro de 2015

POLÍTICA DE MERD@S



Se gritarmos pega l... vira recesso na política. Embora toda generalização por si só seja burra. Obviamente, nem todo político gosta de recessos!!!

Nem mal humor nem ironia aguçada nessa manhã. Efeito colateral das matérias nos principais portais que leio todos os dias após o desjejum...

Um personagem credita 2,4 milhos grandes (nordestino só pensa em canjica) de dólares e uma cópia de um passaporte em seu nome não passam de execração pública, insinuando ser ele, aparentemente coitado, o boi de piranha da vez.

Uma outra protagonista atribui a ânsia da oposição em demovê-la de todas as suas atribuições que a sua função/cargo lhe conferem à uma tentativa de golpe paraguaio... paraguaio pangaré!

Eles quase sugerem que o correto ante à crise em que meteram o país, e que alimentam com as suas particulares incompetências e interesses pessoais, é que cada cidadão desse país deixe de ser brasileiro. Assim essa merd@ toda deixa de ser assunto que diga respeito ao dito cidadão.

"Que país é esse"? E até quando suportaremos essa gente no poder?

Ficam as perguntas...


OZEAS CB RAMOS

Observação:

Não gosto do achincalhe dessas imagens sacanas e depreciativas. Não concordo com a esculhambação das autoridades que estão no comando e em exercício de suas funções constitucionais. Não gosto das frases prontas, tampouco da sabedoria de almanaque.
Porém ando tão retado (expressão baiana para vir@don@disgr@ç@) com esse DESgoverno fdp, que essa aí eu me permiti postar.

quarta-feira, 7 de outubro de 2015

POLÍTICA É ARTE


A política é a arte (milenar/necessária) de abraçar um deus (qq), acariciar seus cabelos brancos com a mão direita e, ao mesmo tempo, ficar com o dedo mindinho esquerdo cruzado com um diabo...

POLÍTICA - DIA D




POLÍTICA

Hoje vamos começar saber/conhecer o que esperar das "autoridades" desse país, após a decisão do TCU marcada para logo mais...
TCU hoje e depois - TSE / Congresso Nacional.
Três fatias de uma indigesta pizza com nariz de palhaço em um povo submisso ou um novo rumo para essa nação que ainda não aprendeu a viver a política de modo mais integral.
Chegou o grande dia!!! Passar logo uma borracha e escrever uma nova história. Ou como li em um comentário na web: "Será quatro queijos para as autoridades e políticos e a calabresa no povo",,,
Ah! Eu sei que sou: classe média, coxinha, elite, blá, blá, blá, blá...

OZEAS CB RAMOS

terça-feira, 6 de outubro de 2015

PORR@NENHUMA

Anda cada dia mais complicado não ser religioso. O não crer é tido como uma "anomalia" de um ser irrecuperável (como se crer não o fosse outra anomalia)...

Outro dia me falaram em tom fúnebre: "Você não tem cara de quem é ateu?!?!!!".

Tentar explicar para um ser humano a diferença em ser agnóstico e ser ateu é pura perda de tempo. Não sei por que é tão difícil entender: eu não creio em porr@nenhuma! Sabe assim tipo porr@nenhuma mesmo?

A "droga" da música gospel polui em ondas sonoras a todo canto. As pessoas no afã de demonstrarem a sua opção religiosa não percebem que essa invasão é tão desastrosa quanto seria para elas ouvir insistentemente um funk "das cachorras" ou algo parecido. E quem não compartilha dessa "benção" musical que se dane ou se mude para Marte.

Um cidadão passou por mim enquanto estava na praça aqui perto de casa e ofereceu um panfleto. Após a minha recusa (até aí gentil muito obrigado), pois não vejo sentido nesse tipo de leitura, ele saiu dizendo alguns impropérios, o que seguindo a minha linha de novo monge budista da terceira geração, mandei alguns palavrões não publicáveis aqui. Pelo visto eu teria que receber a merda que ele quer propagar...

No sábado último parabenizei um cobrador de ônibus (destino Feira de Santana) quando ele com muita educação solicitou que uma senhora desligasse a sua caixinha de música (gospel...). Fiquei pensando se cada um levasse uma e os gostos fossem diferentes. Se cada um exercesse o seu direito de mandar ao ar a sua liberdade musical...

Em outro episódio ainda em um ônibus um cidadão que insistia que estava terminando seu discurso religioso, e de novo que estava concluindo, e isso perdurava por uns vinte e cinco minutos. Quando perguntei-lhe quando mesmo concluiria ou se seria possível que ele não gritasse (tanto) uma vez que estava a meu lado recebi uma nova série de desaforos...

E por aí vai.

É tanta imposição que algumas vezes eu esboço uma prece "aos céus":

Pwrr@! Se você existe, leve logo (o quanto antes) esses seus adoradores inconvenientes... por que (putaqueospariu) eles estão fod@!


OZEAS CB RAMOS

FÓRMULA INACABADA


FÓRMULA INACABADA

Sou feitura de rótulo único
para as muitas embalagens
que carrego.
Com a data vencendo
e com fórmula ainda inacabada
procuro por um novo cheiro
fazendo aqui, na alquimia das palavras
a grande busca por minha mais natural essência.

OZEAS CB RAMOS

sexta-feira, 2 de outubro de 2015

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...