sábado, 15 de agosto de 2015

GENTE BOA DE PROSA E DE CAUSOS


À parte das fotografias que eu acho de tirar de coisas simplórias, sem muita importância e que de tão comuns não são notadas por uma maioria, muito da graça que encontro em meu dia a dia, de labuta e de vagabundeio, advém das conversas soltas que tenho oportunidade.

Tagarelar é um de meus dons atuais e sobre "coisas assim tipo sem muita importância" então...! O famoso jogar conversa fora, fazer o tempo passar, “deixar a vida me levar”... Funciona como “higiene mental”, faz o dia correr mais solto, traz leveza e distrai.

Encontro cada figura humana, e como digo sempre, sui generis. Pessoas que vão da extrema educação e simpatia a mais completa grosseria e antipatia gratuita. Coisa que acho normal, pois somos assim, sendo próprio do ser chamado humano. Há quem se mostre interessante, inteligente e bom de prosa. Vez por outra sou surpreendido pelos estúpidos, idiotas, arrogantes (descrição quase autobiográfica!)... Há aqueles que não estão nem aí, querem apenas o serviço solicitado e “que tudo mais vá para o inferno”. A variedade de tipos é enorme.

Ao adentrar nas casas e apartamentos, uma coisa em comum em sua maioria, é a fala: “Não reparem a bagunça...!!!” É um chavão obrigatório e dá a oportunidade do início de uma conversa e é a deixa que funciona como um quebra gelo. Ao que tento responder de modo repetitivo: - Não se preocupe!

Existem aqueles que precisam justificar o porquê daquela “zona de guerra” existir. E nessa justificativa mais a conversa segue.

Tenho sorte que esses não vejam como deixei o cafofo quando saí cedo para o trabalho. Embora, também na maioria dos casos, a bagunça não se compare em termos de volume e abrangência geo-espacial. A impressão é que alguns precisariam de uns dois a três dias para deixar a casa mais ou menos arrumada...

Numa sequência quase obrigatória, caso haja criança, é a exaltação dos dotes do infante. São mega inteligentes, hiper ativos, super falantes e comunicativos, extremamente engraçados. São o que há de mais perfeito em termos da criação e evolução da raça humana. São TOP numa linguagem maranhense.

São possuidores de tantas qualidades extraordinárias e que praticamente só existem combinadas nesses pequenos; os demais ficam numa categoria de terráqueos comuns. É a velha história da coruja que gaba o toco.

Cada um a seu tempo, vivência, interesse e necessidade, puxa a conversa que mais lhe faz sentido. Em meu caso, aproveitando que eu gosto mesmo de uma boa prosa, apenas dou seguimento. Pego a deixa e puxo a corda...

Bem, essa é a parte da prosa. Quanto aos causos? Bem, essa parte eu causo depois...


OZEAS CB RAMOS

Nenhum comentário:

Postar um comentário


SUA OPINIÃO É MUITO IMPORTANTE.
COMENTE - DEIXE SUA CRÍTICA, ELOGIO OU SUGESTÃO.
Aproveite e veja também outras postagens desse BLOG.
Obrigado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...