sábado, 5 de abril de 2014

AGORA EU SOU ASSIM




Agora sou poeta sem um canto
Sem encanto e sem recanto
Sem palavras, eu sou assim...

Agora sou um ontem aturdido
Com amanhã sem hoje, perdido
Sem esperança, eu sou assim

Agora sou a dor da despedida
Na partida dessa vida
Sem amor, eu sou assim...

Agora sou ida e avinda
Sem desavindas inda
Agora eu sou assim...
Agora eu sou eu!


OZEAS CB RAMOS



=====================

Avinda:
Que se aveio. Do verbo avir. Pôr em concórdia, em harmonia.

Desavindo:
Que está em desavença com outrem.

Inda:
Mesmo que ainda.



Fonte:
Miniaurélio Eletrônico versão 5.12.

Nenhum comentário:

Postar um comentário


SUA OPINIÃO É MUITO IMPORTANTE.
COMENTE - DEIXE SUA CRÍTICA, ELOGIO OU SUGESTÃO.
Aproveite e veja também outras postagens desse BLOG.
Obrigado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...