domingo, 30 de junho de 2013

VONTADE DE VOCÊ




OZEAS RAMOS
 

Crítica, sugestão, elogio ou dúvida...
AGUARDO SEU COMENTÁRIO.

terça-feira, 25 de junho de 2013

NADA MAIS IMPORTA...

Agora, uma vez por semana minha vida ganha luz
Energia que chega com luz, brilho e alegria.
É pouco, mas posso até chamá-la de vida
quando meu “sentido” surge.
Tudo muda quando ouço um grito no portão:
- Pai. Cheguei!
Eu experimento o mais próximo do que é a felicidade.
E conheço o céu quando ele diz:
- Pai, eu te amo!
Nada mais importa.
Nada...
Mais...

OZEAS RAMOS




Crítica, sugestão, elogio ou dúvida...
AGUARDO SEU COMENTÁRIO.

segunda-feira, 24 de junho de 2013

MEU TREM NAMENTO PARA O INFERNO


Estava com pressa. Precisava chegar no horário e a solução foi descer do busão em Periperi e pegar o trem.
Estava com pressa. Precisava chegar no horário e a solução foi descer do busão em Periperi e pegar o trem.
Já conhecia o percurso até a Calçada, mas essa seria uma viagem inusitada.
Embarquei em um vagão sujo, velho, todo pichado, e logo percebi que meu treinamento para o inferno ganharia uma nova etapa. Calor do diabo. Quanto mais gente entrava a cada estação, mais quente a zorra ficava. E quando começou a chover (pqq) aí ganhou o tom de “requintes de crueldade”. Povo suava como na antessala do inferno.
Pisaram em meu pé. Fiquei na dúvida se eu deveria pedir desculpas... Na dúvida fiquei calado.
Surgiu uma vaga, daria para seguir sentado, mas deixei para uma senhora suando que parecia estar morrendo. Era gorda e ajudá-la caso caísse seria mais trabalhoso.
Sentada destacava-se uma bonitona bem vestida falando ao celular. Boca enorme, bunda enorme e uma aliança enorme... Esquece...
As estações passando, mais gente entrando, mais chuva e mais calor. Só para lembrar, estava em mais uma etapa de meu treinamento para o inferno.
Enquanto seguíamos no balanço do trem e meus pensamentos voavam, percebi algumas coisas:
. Quanta gente morando próximo à linha do trem. Casebres cada vez mais próximos.
. Muito lixo no caminho.
. A ponte Lobato-Plataforma está reformada.
. Uma garça branca embaixo da ponte.
. A ferrovia é um ferro-velho.
. As janelas do trem não fecham e quando chove...
. A passagem é barata mas a viagem sai caro.
Não é uma viagem agradável. Quarenta minutos de horror que é amenizado por ver tantos que assim como eu, correm para não chegar atrasado. Suburbanos e metropolitanos. É gente que está na luta constante.
Finalmente a Calçada e os riachos que correm em seu largo...
E uma dúvida:
Seria meu inferno melhor???

OZEAS RAMOS


A ponte está reformada.


 
 Existem composições mais novas.

Já conhecia o percurso até a Calçada
uarenta minutos de horror que é amenizado por ver tantos que assim como eu, correm para não chegar atrasado. Suburbanos e metropolitanos. É gente que está na luta constante.
Finalmente a Calçada e os riachos que correm em seu largo... E uma dúvida:
Será que meu inferno será melhor?

TE AMO, te amo!




NOSSO SEXO

Olhar que atrai
Um desejo incontido
Línguas que se tocam
Lábios que se beijam
Frenesi impulsivo
Braços que se atracam
Sem que haja luta
É só querer
Pernas que se cruzam
Pés que se acariciam
Penetrar que te encontra
É você quem me recebe
Peito a peito
Silêncio e sons
Quietude e movimentos
Êxtase e gozo
Segredo prazenteiro
Refestelar e sorrir.

OZEAS RAMOS

Ozeas Ramos

domingo, 23 de junho de 2013

MORRO


Por amor
Subi teu morro
Quase morro
No morro
Não morro
Morro de amor
Amor por ti.

OZEAS RAMOS





Crítica, sugestão, elogio ou dúvida...
AGUARDO SEU COMENTÁRIO.

quarta-feira, 19 de junho de 2013

SÁBADO

Segunda eu te odeio
Segunda é solidão
É vazio
É vácuo.
Eu nasci no sábado.
Sábado é vida que chega
Que grita
Que brilha e renasci em mim.
Sábado éramos um
Segunda restou um.
Assim eu quero morrer sábado
Sábado eu não terei segunda
Sábado eu não terei solidão.

OZEAS RAMOS




Crítica, sugestão, elogio ou dúvida...
AGUARDO SEU COMENTÁRIO.

DESCARGA





DESCARGA
A vida é a privada dos deuses soberanos
Desses despóticos e imbecis
E muitos de nós excrementos
Fezes de fezes.
A morte é a descarga
Que alivia momentaneamente
Mas sempre tem aquele insurgente
Para quem a morte é sempre tardia.
Será por isso que dizemos:
- Já vai tarde filho da puta!
Quando para o aziago chega o fim?


OZEAS RAMOS

SONHOS

Não existem sonhos utópicos
Sonhos são apenas sonhos.
Apenas.
A quimera é não ter sonhos.

OZEAS RAMOS


domingo, 16 de junho de 2013

ROSA AMARELA


Amo-te rosa amarela
por você conheci o “outro lado”.
Minha felicidade
foi a infelicidade
de um dia aceitar teu abraço.
Encantei-me por tua beleza
Deliciei-me com teu cheiro.
Amei teu corpo. 
Até que experimentei teus espinhos.

OZEAS RAMOS

 
 

quinta-feira, 13 de junho de 2013

VOCÊ



Nunca tive
Você
E ainda hoje
Você
Sinto falta
Você
Vivi
Você
E morrerei
Você
Desesperança
eu tenho
Você

OZEAS RAMOS

ECONOMIZEMOS ÁGUA


quarta-feira, 12 de junho de 2013

MEUS ERROS ESTÃO AQUI


Estão todos aqui comigo
Eles todos
Finalmente me encontraram
Não compreendo como se reuniram
Vieram em embaixada
São como uma quadrilha
E não me deixam em paz
Já foram mais silenciosos
Hoje não mais
E me perturbam dia e noite
Quase me paralisam
Que mais querem de mim?
Não os cometi de uma vez.
Já não tenho outros inimigos
Hoje são apenas eles.
Os meus erros estão aqui!

OZEAS RAMOS


quarta-feira, 5 de junho de 2013

PARTES DE MIM




PARTES DE MIM


Busco nesse meu caminho torto
Encontrar-me em descaminhos certos
Desde que me perdi de mim.
Minha vida é uma sala ex-votos
Cujos pedaços que fui deixando pelos anos
Alterando minha essência.
Substância em complexidade.
De inteiro permanecem somente as lembranças
E sentimentos contraditórios.
Preciso voltar e recuperar o que perdi
Quero voltar a ser o que realmente sou
Ser eu em mim.


OZEAS RAMOS
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...