quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

A DOR É MINHA



A DOR É MINHA

Se captares a minha dor
Não tenhas piedade de mim
Nem de minhas lágrimas
A dor é minha
Cuide apenas para não acrescentares
Mais peso ao fardo que carrego.
Deixe-me entre os cães
Segue feliz tua caravana


Se me julgares merecedor
Não tenhas piedade de ti
Nem sofras a minha dor
Cuide apenas para que o amanhã
Não te obrigue a carregar um fardo
Ainda mais pesado que o meu.
Sabendo que todos passarão
E eu, passarinheiro.


Ozeas Ramos

Nenhum comentário:

Postar um comentário


SUA OPINIÃO É MUITO IMPORTANTE.
COMENTE - DEIXE SUA CRÍTICA, ELOGIO OU SUGESTÃO.
Aproveite e veja também outras postagens desse BLOG.
Obrigado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...